Google+ Followers

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Todo Trabalho é Dígno, desde que seja Honesto.

È muito bom uma pessoa conseguir trabalho, o trabalho ajuda a desenvolver o desempenho físico e mental de uma pessoa. Para mim o trabalho só beneficia a pessoa, seja o trabalho doméstico ou outros, o que importa é trabalhar e obter experiência.
Depois que conseguimos o trabalho, existem ajudantes de treinamento, então é importante observar cada passo e você não ficar parado, tem que movimentar-se de acordo com o ambiente de trabalho.
Tem muita gente que lhe pergunta: _Está trabalhando? É como se ser uma dona de casa , ser dona de seu próprio emprego e ser estudante não fosse importante! Gente  um exemplo: Dona de Casa trabalha muito, faz trabalhos lindos, como bordar, limpar, cozinhar, nossa uma boa refeição é muito! E imagine uma boa Dona de casa, mãe, dedicada, além dessas qualidades ser estudante, será melhor ainda, o tempo não para, por isso eu aconselho a todas as mulheres  que estudem, não importa sua condição! Estude! Garanto que lá fora você vai ser recebida, não por muitos , só que as poucas pessoas que irá te receber, te receberá de coração.

Trabalho não mata ninguém, quando ganhamos nosso próprio dinheiro isso nos faz muito bem, mesmo que seja pouco é nosso e podemos investir no que quisermos. Quando dependemos do outro para pagar nossas contas é muito complicado, você terá alí só o que a pessoa lhe interessa doar, é muito chato isso, ou as vezes deixa de te dar o dinheiro para doar para outros fins.
Você trabalhando mesmo autônoma conseguirá renda e até ajudar os que trabalham de carteira assinada, o que importa é ganhar seu dinheiro honesto e com dignidade. Eu mesma fui professora de reforço durante 12 anos autônoma , sem carteira assinada, os pais me contratavam para dar aulas para os filhos deles e sabiam que eu desempenhavam uma boa aula e fazia mesmo o aluno aprender, meu tempo era só dedicado para cada aluno, ganhei meu dinheiro pouco mais era meu, o importante era ajudar os alunos. Comprei muita coisa para minha casa e hoje quase tudo que tenho na minha casa foi com o dinheiro da costura, das vendas dos picolés e sorvetes, das aulas de reforços e trabalhei como  autônoma  em serviços domésticos em 2005 meio período nos outros eu era estudante de cursos  e logo mais meu marido conseguiu crescer na Construção Civil  e virou Empresário Construtor e hoje trabalho junto com ele no que posso ajudar na empresa e tenho minha Empresa registrada Smero Graffiti Art  de malharia e acessórios e outros artigos onde sou sócia de meu filho... Sou Escritora/Poeta, Compositora e Empresária...
 E ainda sou dona de casa, mãe  e agora estou atualizando meus estudos, tenho cursos e graduação e  pós-graduação, tenho 2 pós,  e estou cada dia mais evoluindo , e quero continuar a trabalhar  dentro e fora  das empresas com progresso de meus estudos...
 Não sou contra  ninguém trabalhar em qualquer emprego que  seja,  de limpeza,cozinha, Informática, digitação, atendente e caixa, tudo é trabalho... eu admiro muito os patrões que dão oportunidades e ensinam quem não sabe e que também faz crescer os que tem mais condições, um ensina para o outro. O que importa é trabalhar e estudar, sempre lembrando de Deus em primeiro lugar.
Autora: Adaildes Alves Moreira

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Na minha opinião, Professor e Médico deveriam ter um salário Alto.




Todas as profissões são importantes, não existe nenhuma que não deve ser valorizada, todas são profissões.
Só que o Professor ele ensina as outras profissões, ele faz crescer grandes mestres e grandes Médicos, ensina da Educação mais simples ao grau  mais sofisticado e por isso não acho justo, duas das mais importantes profissões do mundo ser assim tão desvalorizada, o Professor estuda muito, aprende e ensina muito, gasta muito para aprender, trabalha junto com os alunos e pais, é um porta voz de uma sociedade, não tenho nada contra outras profissões receber altíssimos salários, mas deveria mesmo estes dois núcleos ganhar bem e ter todas as regalias que faz jus a sua profissão.
Um Médico por exemplo, estuda tudo mesmo, é um Doutor, corre riscos , trabalha com variedades de riscos, o mais importante salva vidas, para mim é maravilhoso uma pessoa fazer uma pessoa voltar á viver, tem uma dádiva dada por Deus nas mãos e em sua inteligência, por isso também deveria ter um dos mais altos salários. Tanto o Professor e o Médico eles trabalham por amor a profissão,porque trabalha  Educando pessoas, curando quase fazendo milagres, tem professor que dar o sangue para aquele aluno melhorar, tem bons alunos é claro, mas o professor sofre seus estres por trabalhar tantas horas, com muitas turmas , faixas etárias de todos os tamanhos, cada pessoa com suas diferenças  , é complicado, eu sei que ainda falta muito repensar sobre isso, tentam melhorar seus salários com revindicações, mais depende não só disso, a vontade política tem que decidi melhorar o bem-estar do Professor e do Médico, para mim seria maravilhoso eu ter orgulho de um dia eu ver um Professor e um Médico ganhar seus bons salários, será difícil ver ,mas não impossível.
Autora: Adaildes Alves Moreira

Artes

Fontes: do Museu "Goiandira do Couto" em Goiás Velho





Eu em Goiás Velho dia 28/11/2010
A vida é uma Arte, tudo que fazemos pode-se considerar uma Arte, personalidades, inteligências, criatividade, originalidade, complexidade, existem variedades de Artistas, cada uma melhor que a outra, oh povo criativo!Quando penso que já vi de tudo no mundo aparece novidades, maravilhosas Artes, eu gostei de muitas obras, de muitos Artistas, de muitas obras mesmo como obras do "Barroco" , mas as obras que mais gostei até hoje foi a de "Goiandira do Couto", Aquilo ali é um talento Nobre, maravilhosa relíquia, cada obra dela é símbolo de Soberania, de Originalidade, criatividade e o que é melhor são feitas de areia coloridas e cola, as obras dela, parabéns para ela, Mulher Talento, a prima da "Cora Coralina"!
Autora: Adaildes Alves Moreira

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Paisagem Limpa é Bonita!


 Paisagem em São João Del Rei-MG, no dia 28/05/2011
Foto de Adaildes Alves Moreira e filha Chirley Diane Alves Moreira



Paisagem em Goiás Velho dia 28/11/2010
Foto tirada por Adaildes Alves Moreira Original

Eu já fui em muitos lugares, fiz viagens, gostei de várias paisagens. A que eu mais gostei, foram estas duas, as outras eram bonitas demais, só que a Paisagem de Goiás Velho é muito bonita, e a de São João Del Rei- MG, muito linda e muito limpas as ruas, um verde belíssimo, aprecio um lugar com lindas paisagens , flores , casas , verde, e muito mais exuberância que há, tanto em São João Del Rei, quanto em Goiás velho ...


A cidade de Goiás município brasileiro do Estado de Goiás, muito bonita, cidade histórica e reconhecida pela "UNESCO". A pesquisa foi realizada no dia 27/11/2010 ao dia 28/11/2010, foram dois dias de curiosidades, observação, com objetivos de realizar um relatório da viagem nos dias seguintes para ser entregue no dia 07/12/2010 e assim foi feito e entregue o relatório ganhei 30 horas de Atividades Complementares.
Dia da viagem, pela manhã o local que se aguardavam a chegada do ônibus era de frente a faculdade, muitos alunos foram para a viagem rumo á cidade de Goiás Velho. Na estrada de ida passamos por muitos lugares e cidades, os alunos de dentro do ônibus tiravam fotos das paisagens que observavam. A primeira parada foi breve, para descansar um pouco em seguida retoma viagem á caminho para o lugar destinado.
Depois de cinco horas de viagem, enfim, chegamos no “Hotel Vila Boa”, no qual seria o hotel de hospedagem dos alunos universitários, cada quarto do hotel havia três á quatro camas dividiam-se entre os alunos, e foi gratificante essa divisão, pois puderam se conhecer melhor os que ficaram no mesmo quarto e também os outros se uniram nos passeios pela cidade.
O primeiro passeio foi à ida para o restaurante, um restaurante com um almoço típico do lugar, era uma mistura de “Goiano” á “Portuguesado”, porque havia pratos como galinha caipira á berinjela no azeite, outras saladas, carne assada, macarrão, arroz, jiló no vinagre, berinjela no vinagre e outras, uma boa culinária do Restaurante Brasileiro.
O almoço muito bom, logo mais uma caminhada para conhecer pontos históricos, um passeio pelas ruas feitas com pedras, fica no centro da cidade de Goiás Velho, onde há muitas casas com suas histórias, riquezas e segredos misteriosos, principalmente onde se houve muitas histórias lendárias que acontece na cidade, ruas bem feitas, limpas e bem conservadas de estilo Português, aliás, as casas também com esse estilo.
Entramos no “Museu das Bandeiras”, uma antiga casa, nela existe uma história muito ruim e algumas boas, esta casa é a "Antiga Casa de Câmara e Cadeia", foi considerado um museu desde 1950, onde nela mostra uma história das rotas dos bandeirantes que ali predominavam e colonizaram o lugar. Existem ali as divisões de sela, cada crime e pessoa tinha seu lugar determinado e punição, até a forca era considerável para certos crimes hediondos.
Este museu foi construído em 1761 e 1766, foi tombado pelo" IPHAN", em Maio de 1951 e restaurado 30 de Junho de 2004 á 11 de Julho de 2005, um lugar com muitas histórias.
Na outra caminhada, foi rumo ao “Museu de Arte Sacra”, lá pudemos observar quantas relíquias obras feitas pelo santeiro “José Joaquim da Veiga Vale”, conhecido por “Aleijadinho Goiano” e outras obras de autores desconhecidos, provavelmente obras feitas pelos escravos, obras muito bonitas.
Construção iniciada por homens do militarismo e não chegaram á concluir a obra, depois de um longo tempo os “Homens Pardos” concluíram a construção por volta do ano de 1779 e no ano de 1921 houve um incêndio que destruiu parte da Igreja, principalmente obras feitas pelo escultor Veiga Valle, e só por volta de 1969 passou ser o Museu de “Arte Sacra da Boa Morte”. Interessante como é bem conservada todas as relíquias da Igreja, são obras bem trabalhadas, principalmente as obras que contêm uns anjos.
Visitamos a casa de “Cora Coralina”, um local muito lindo, têm histórias marcantes, ela uma poetisa, escreveu muitos versos, livros, leu muitos livros, em sua casa que agora é um museu de visitação tem um jardim maravilhoso, a casa fica perto de uma ponte com um vista belíssima para a cidade de Goiás Velho, dentro de sua casa conserva sua rica história, seu verdadeiro nome é “Ana Lins de Guimarães Peixoto Bretas”, publicou seu primeiro livro aos 76 anos de idade, e era doceira como sua prima “Goiandira” e por sinal toda sua família talentosa, “família talentos”!
Entramos em seguida, depois de uma pequena caminhada pelas ruas no “Palácio Conde dos Arcos” antiga construção, muito bonita, onde era residência oficial de muitos governadores do Estado de Goiás, no qual o primeiro dos 92 governadores foi “Dom Marco de Noronha” e dizem que o ultimo deles foi “Pedro Ludovico Teixeira”, hoje é um lugar visitado por muitos, o que observei na história antiga deles, foi quando o guia contou sobre como era um almoço ou jantar dos governadores, lá na mesa só os homens podia sentar, as mulheres não, e ainda havia duas esculturas de madeira do armário com mulatas com os bustos descobertos que causaram polêmicas pelas beatas, por o lugar ser muito religioso, não poderia ter aquelas esculturas expostas, foi o que mais me intrigou nesta história de como as mulheres não participava de quase nada, mas muitas se superaram como as primas, “Goiandira e Cora”
Depois de tudo isso, fizemos uma pequena viagem para a “Igreja Santa Barbara”, muitos conhecem por ter histórias lendárias e muito estranhas, também acontece no mês de Dezembro festa, fica localizada na saída da cidade para o norte em cima de um morro, tem uma boa vista, do hotel dava para ver a igreja, foi iniciada sua construção por volta de 1775, foi concluída depois de uns cinco anos. Simplesmente a Igreja foi construída em blocos de pedra-sabão e adobe, os escravos eram quem subiam e desciam com as pedras para construir a igreja, uma tremenda dureza o trabalho escravo na época. É composta por 52 degraus a escadaria da igreja, uma boa subida para o morro, mas com uma bela vista, de lá pode ver parte da cidade de Goiás Velho.
De volta para o Hotel, preparação para noite, um belo banho depois de termos vistos tanta beleza do lugar. Preparamos á noite já começara, tiramos algumas fotos nas proximidades do hotel, quando o motorista pediu que todos entrassem no ônibus e passou algumas instruções de como seria a noite, a divisão e união dos grupos, quem quisesse ficar, teria que voltar de táxi para o hotel.
Nesta divisão a mais importante foi na hora do rodízio de pizza, como cada uma variava de preço, teve-se idéia de pedir várias e depois dividi-las entre os participantes e cada um pagava uma quantia satisfatória, isso já foi um bom começo de interação entre os grupos de alunos.
Na volta para o hotel, alguns dos alunos ficaram para conhecer mais o ambiente da cidade e outros resolveram ir dormir para que no outro dia terminássemos de conhecer a cidade. E foi uma boa dormida, uma noite tranquila.
Ao amanhecer, eu e as amigas do quarto que eram três amigas, decidimos que cada uma tomasse o banho e rápido, pois teríamos que descer e tomar o café da manhã do hotel, e foi um ótimo café da manhã. Tiramos fotos no ambiente e também no jardim do hotel, depois de tudo já era hora de entrar no ônibus ir rumo ao passeio de Domingo por lugares planejados do roteiro.
Já no “Ateliê de Goiandira do Couto”, esperamos à hora de abrir, estávamos ociosos para ver a beleza das pinturas feitas pela a artista, um talento de obra, obras feitas com areias naturais que recolhia na Serra Dourada, eram areias tão bonitas que dava vida original das obras, não eram areias pintadas de tintas, as areias tinha a cor natural, uma exuberância de cor, “Goiandira” prima de “Cora”, por isso explica tanto talento entre as duas, no ateliê dela havia obras de muitas qualidades. Há também pintura feita de óleo, que se refere à primeira fase do óleo, dizem que começou de 1933 até 1967, e começou sua outra fase por volta de 1968 que é a fase de pintar com areias naturais, pintou desde criança e ganhou sua primeira premiação aos seus 16 anos e hoje não agüenta fazer suas encomendas, pois já está cansada por sua idade muito avançada, mesmo assim tem encomendas de pintura até do estrangeiro.
Tanta maravilha pela cidade, não conseguimos visitar toda cidade. Outra visitação maravilhosa, já na Igreja nossa do Rosário, antiga construção, “A Igreja da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos”, foi construída por volta do ano de 1734, considerado segundo dos edifícios religiosos da cidade de Goiás, e no ano de 1930, já se passado dois séculos, foi demolida como diz sua história e hoje há o edifício religioso visitado por muitos, um museu com alta beleza, suas pinturas maravilhosas feita na década de 1950 pelo autor da obra, um italiano religioso “Frei Nazareno Confaloni”, considerado “iniciador do modernismo nas artes em Goiás”, um trabalho incrível, no lado da igreja “fica o convento do Rosário onde funciona a “associação dos artesões de Goiás” e muitos alunos universitários observaram as obras, compraram como recordação e eu como lembrança do lugar comprei uma panela de argila e um prato.
Por fim, volta para o hotel, troca de ônibus , passeio pela fazenda, trilhas, um lazer de ar puro, dentro da fazenda um clube com piscinas de todos tamanhos, uma bela paisagem na fazenda, lugar tranqüilo e visitado por muita gente, depois de tanto lazer uma boa refeição típica da culinária goiana, tudo de primeira qualidade, passamos um bom tempo curtindo o lugar, logo mais voltamos para o Hotel, preparamos para nossa volta para Brasília, enfim chegamos bem, e tudo isso foi marcante e significou muito para o desenvolvimento do meu relatório, e o mais importante de tudo isso é que conheci novas pessoas, amizades e novos lugares.
Autora: Adaildes Alves Moreira


Desenvolvimento de Minha Viagem a Minas Gerais


4.1. Uma saída de campo para algumas cidades mineiras, junto a turma de Pedagogia e Letras da faculdade "Fortium", organizada pela professora"X", conhecer de perto o Barroco Brasileiro e demais histórias da região, foi muito gratificante conhecer algumas cidades mineiras.Ganhei 60 horas Complementares.
Arquitetura Barroca é muito bonita e é Patrimônio Cultural da Humanidade Tombado, tem uma variedade de beleza, aqui no Brasil o Barroco brasileiro são as artes sacras, estátuas, pinturas, decoração, matrizes e peças individualizadas, através do passar dos séculos elas ganham atestado cultural e oficial do Barroco nos centros históricos como a de Ouro Preto e demais cidades mineiras que visitamos, se torna atrativos turísticos trazendo riqueza cultural de um país, no Brasil, por exemplo, tem cidades maravilhosas contendo Arquitetura Barroca, como vimos na viagem de campo do dia 26 a 29/05/2011 para Ouro Preto, demais cidades mineiras e outras regiões do Brasil.
O Barroco veio para o Brasil por volta do século XVIII, com a chegada dos jesuítas, um estilo instrumental da doutrina cristã, como o poema de Bento Teixeira, que marcou o início de tudo e foi marcante também por atingir o apogeu literário com o poeta Gregório de Matos, Padre Antônio Vieira, nas artes de Aleijadinho como escultor e mestre Ataíde na pintura, e sobre grandes exemplos de arquitetura estão no centro do país, em Minas Gerais e outros. A Inconfidência Mineira e demais poetas árcades da arquitetura barroca surgiu por volta do ano 1690, em Roma, e tinha como ideário estético o resgate da simplicidade e o equilíbrio da poética clássica greco-latina, como já havia anteriormente, durante o Classicismo do século XVI, só que perdeu força durante o período barroco marcado.
Aqui no Brasil o Arcadismo pôde desenvolver-se muito mais em Minas Gerais, graças à extração do ouro, que deu à Capitania certa riqueza e propiciou a formação de uma elite intelectual e poderosa da irmandade. O marco inicial dessa escola artística no Brasil é a publicação de Obras, de Cláudio Manuel da Costa, em 1768 como diz na história.
A "Inconfidência Mineira" teve três dos principais poetas árcades: Tomás Antônio Gonzaga, Cláudio Manuel da Costa e Alvarenga Peixoto. Também a escola mineira contou com Silva Alvarenga, Basílio da Gama e Frei da Santa Rita Durão. Daí começou-se a formar uma literatura mais propriamente brasileira próxima da realidade local, sem deixar os modelos europeus e cada uma com seu deslumbre.
As cidades de Minas Gerais visitadas por nós nos dias 26 a 29/05/2011 foram: Ouro Preto, São João Del Rei, Tiradentes, Congonhas e Mariana.
Ouro Preto, fundada através da fusão de diversos arraiais, fundados por bandeirantes no ano de 1711, sua população de 70.227 habitantes, conforme o IBGE e está distribuída em 34.272 homens e 35.955 mulheres segundo pesquisas, foi à primeira cidade brasileira Patrimônio Histórico desde 1980.
São João Del Rei, fundada por volta do século XVII pelos taubateranos comandados por Tomé Portes Del Rei o fundador considerado e em 1713 alcançou as vilas com o nome de São João Del Rei em homenagem a D.João V, sua população em 2010 era de aproximadamente 85 mil habitantes conforme mostra as pesquisas, tornando ela uma das maiores cidades da região mineira.
Cidade de Tiradentes foi fundada por volta do ano de 1702 por Paulistas que fez algumas descobertas na época, como a descoberta do Ouro nas encostas, é uma linda cidade histórica. Sua população é aproximadamente em 2004 de 6.364 habitantes em relação às pesquisas.
Congonhas, de modo contado na história que o  arraial de Congonhas do Campo surgiu por volta do ano de 1734 com a descoberta de ouro no leito do rio Maranhão e proximidades, As primeiras informações sobre a origem do povoado de Congonhas datam de 1734. Diz também na história  conta que em 1700 alguns portugueses se estabeleceram no Arraial dos Carijós o atual Conselheiro Lafaiete, ela era explorada  principalmente por paulistas e portugueses, mas uma versão confirmadora é que teve origem mesmo  em 1757 quando foi fundado o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos.Sua população foi estimada em 2009  de 45. 742 habitantes, nela tem maravilhosos monumentos, as 6 capelas em frente  a um Santuário , uma vila de artesanato e muito mais na cidade de Congonhas...
Cidade de Mariana MG, por volta de 1696 deu-se a sua origem, quando foi fundado o arraial do Ribeirão do Carmo. Em 1745 tornou-se a primeira cidade de Minas Gerais, com a designação de Mariana, em homenagem à rainha D. Maria Ana de Áustria, esposa do Rei D. João V. e sua população foram estimadas em 2010 de 54.179 habitantes. Foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais. Foi no século XVII uma das maiores cidades produtora de ouro para a coroa Portuguesa. Lembrando que Mariana tornou-se a primeira capital de Minas Gerais, a origem da cidade confirmada em muitas outras histórias diz-se que ao certo que foi no final do século XVII, época em que bandeirantes paulistas chegavam à região em busca do ouro. Por isso lá guarda muitas Relíquias do século XVIII e muito mais história cultural.


Outra Versão de Relatório

4.2. Nos dias 26, 27,28 e 29 de Maio de 2011, houve uma viagem de campo  organizada pela Professora "X",  em destino a Ouro Preto MG e demais cidades mineiras, na qual relatamos cada visita nos lugares das cidades visitadas.
Dia 26/05/2011 numa Quinta-feira, saímos de Brasília do local de embarque às 19h30min horas em frente à Faculdade Fortium Gama-DF, rumo á Ouro Preto e demais cidades de Minas Gerais. Viajamos a noite toda e chegamos ao outro dia por volta das 07h30min horas da manhã do dia 27/05/2011, depois da chegada ao hotel, nos preparamos para começar á visitar a cidade de Ouro Preto.
Nossa 1ª visita foi na Matriz da Nossa Senhora do Pilar, a esquerda há outra igreja que é a do Rosário. Ouro Preto foi fundado no dia 24 de junho de 1698, completará 313 anos no dia 24 de junho, a igreja do Pilar um do mais antigo monumento histórico e a segunda mais rica do Brasil Começou a ser construída em 1720 e foi inaugurada em 1733.
 Em ouro Preto as ruas são estreitas, com decidas e subidas, casas históricas com molduras trabalhadas no estilo colonial, pinturas coloridas, uma paisagem encantadora, cada morro tem uma bela vista característica das demais cidades históricas de Minas Gerais, mas cada uma com seu charme e exuberância.
Ouro Preto teve 3 ciclos conta o guia "Brandão", ciclos de transformação da cidade. Quando os Bandeirantes chegaram já havia a "Vila Rica". O significado de Arraial: lugar sem lei, que todo mundo manda, nós alunos achamos interessante este significado.
Houve também a Revolta dos "Emboabas" e o massacre deles, por isso tem ali perto de Ouro Preto o Rio dos Mortos. Outra história marcante do lugar foi quando os Portugueses vieram procurar prata em Minas Gerais e não ouro, eles cavaram tudo e não acharam a prata, achou gemas preciosas, e tinha como referência os Rios, o Pico e o que tinha no lugar, pesquisaram até encontrar Ouro entre as montanhas.
Em Ouro Preto nasce o Rio das Velhas e o Rio doce, água ali é essência e parte de tudo principalmente onde encontrou o metal precioso.
Diz Brandão que o significado de Argentina é prata. A padroeira da cidade de Ouro Preto é a Pilar, vem do Espanhol diz Brandão e o nome Pilar é comum entre aos batismos que acontece na cidade, muitos colocam o nome de suas filhas de Pilar. Cada detalhe do lugar é uma história, neste dia passamos por muitos lugares, ficamos sabendo de muitos acontecimentos de Ouro Preto, o Morro das Velhas, Ribeirão o funil: Freguesia Pilar e Antônio Dias, nesses três núcleos moravam escravos, brancos e irmandade, na igreja era mesmo freqüentada só pela irmandade de classe alta. A representação do Santíssimo era naquele templo a Cruz até hoje é uma representação lendária: Igreja, Estado e a Coroa (a Pilar) na mão direita a Custódia, as 7 capelas simbólicas na representação das paredes e portas da matriz, os degraus até o Céu a inspiração da igreja, a estrutura dela tem um formato de um navio, a porta principal é aberta para todos em ocasião de Missa, faz todos os sacramentos como as outras matrizes, mas quando a porta principal é fechada ela é um museu para turistas e visitantes das Artes que quer saber da história cultural da cidade .
Certo tempo os moradores de Ouro Preto na época colonial, foram dominados pela Coroa, Xavier de Brito foi o começo de tudo no Pilar, São João e outros, duas mais antigas matrizes é a do Pilar e Rosário de Ouro Preto uma perto da outra, feitas de pedra sabão, madeira, tintas de pigmentos minerais e vegetais, artistas Portugueses a fizeram, estilo Barroco, demorou onze anos para construir uma parte da pintura do Pilar no centro do teto da igreja, tem figuras como Miguel Arcanjo e outras mais lindas que a outra, as sacadas onde o sacerdote pregava lá do alto o sermão de soberania é uma mobília maravilhosa. Existem outras igrejas que na época já eram autorizadas para os negros participarem das missas e há pintura que retrata isso com os detalhes e estilos da época, as madeiras tem imitação do mármore e como não são revestidas as do chão já se encontra em reforma, precisam se restauradas para conservação do patrimônio histórico.
Quando observamos o teto com algumas figuras no centro da igreja do Pilar, percebemos um tipo de visão ótica, olhando de outro ângulo veremos diferente a mesma figura. Ali na igreja está enterrada a irmandade que viveu naquela época, diz-se que naquele tempo havia uns 100 mil habitantes na vila. Algumas figuras pintadas nos quadros ou na arte tinham uma significação na época, como os que eram batizados tinham uma morte boa e possuía alma, e os não batizados tinha uma morte atormentada e não possuía alma como os "negros"  da época da história e alguns sem batismo da época conveniente do realismo mostrado com detalhes nas figuras da igreja do Pilar.
Parte do Barroco Branco no paraíso e a do "Negro no inferno" dizia algumas representações da antiguidade histórica contada pelo guia da viagem, isso predominou até o século XVIII, logo mais com a chegada de outros na vila construiu a idéia de que a entrada nas igrejas era para todos como representam em algumas figuras em certas igrejas como a de São Francisco de Assis em Ouro Preto. Brandão conta ainda, que naquele tempo as imagens recebiam jóias, pinturas, cabelos, roupas em forma de agradecimento por ter realizados milagres, e ainda há esconderijos misteriosos no interior das igrejas e lá há algumas peças raríssimas  e quadros revestidos de Micas, lindos e muito antigo mesmo e algumas das roupas que pertenceu a irmandade tem por cerca de 270 anos.
Nos fundos da igreja há um local que tem um crânio simbólico de Don João V, que por vez é um mistério, diz-se que quando recebiam naquela época notícia de que alguém importante da Corte de fora havia morrido aquele crânio era colocado sobre a mesa e celebravam uma missa em nome do morto. E lá nesse local ainda havia túmulos que resumo deles eram falsos, dar-se para passagem para o tal esconderijo secreto e ali ninguém sabe o que de fato acontecia no tempo da irmandade, agora atualmente tem a obra feita por Aleijadinho como a Mercês e Pilares, guardados por segurança, conta-se que Aleijadinho se inspirava para fazer suas obras nos moldes de Xavier de Brito.
O lugar dar para saber que só era frequentado pela   nobreza antiga, hoje simbologia de história: os castiçais, os detalhes, a Proença Oriental, Pós-puritana, e outros detalhes que mostra raízes  de arte em movimento, e foi gasto 39 anos para construir toda a Matriz do Pilar e sua história riquíssima.
Depois disso fomos passear pelas ruas, passamos pelo chafariz que abastecia a cidade que era privilégio para poucos, descemos na praça Tiradentes, vimos o pico de dois dedos lá do alto de Ouro Preto parte mais alta da cidade, tiramos fotos, vimos a serra dos penhascos, os vales, casas nas montanhas, exuberantes paisagens, ruas de pedra sabão e monumentos feito pelos escravos da época provavelmente eles era da mina do vale, nada ali era plano tudo nas alturas montanhosas.
No mesmo dia fomos conhecer a Mina Santa Rita em Ouro Preto do Século XVIII, que era explorada pelos escravos, cada detalhe mostra como havia muitas aberturas no morro do vale, e em cima desse morro há uma casa conhecida como a Casa do Minerador cm 12 degraus de pedra sabão, as janelas de vidros importados da Europa e só gente rica morava naquela casa, atual dono é Edson, e ali também tinha uma senzala, ficava no porão da casa em baixo da casa, aproveitavam lá as pedras para cercar a casa da senzala como dizia na história.
A guia da mina conta que na região de Ouro Preto há 350 minas e que os homens escravos retiravam o ouro e preciosidades, as mulheres que ficavam pelo lado de fora das minas roubavam o ouro, depositavam em seus cabelos e em uma bacia da igreja lavavam os cabelos e quem produzisse bem conseguiam sua carta de alforria, e os negros dali da mina tinha que dar certeza aos donos que produzia um bom ouro da mina e o valor da escavação, se um morresse era só retirado no final do dia, as necessidades eram feitas ali mesmo, eram completamente expostos as doenças, as crianças completavam o serviço em busca do ouro quando os escravos adultos não alcançavam certas roxas, existem provas disso com pequenas entradas já no final da escavação das minas, era uma reunião de absurdo só, tamanho descaso da época. Conta que lá não havia só o ouro, as roxas sedimentares, havia o barro de argila e outros minérios. E que Alguns desses barros pintavam as casas e se fosse de cor quase bege ou marrom a casa pintada era porque era a casa de pessoas pobres, rico pintava a casa de Azul e Verde naquelas vilas de Ouro Preto.
Visitamos o museu de Mineralogia antes do almoço, vimos a mensagem que  Emanuel de Castro escreveu em homenagem a Tiradentes na praça Tiradentes em Ouro Preto, na qual Tiradentes foi enforcado no dia 21 de Abril como está no símbolo da praça ,foi considerado símbolo da República concebido o Tiradentes e Herói em frente ao Museu de Mineralogia e a uma Matriz, dentro da casa de Tiradentes tem enterrado vários famosos, escritores da época. Lá no museu de Mineralogia funciona hoje como os 6 setores,escola de música, arte cênica, museu de raras pedras preciosas, lá ver-se as minas que foram explorada por escravos, vimos também o Palácio dos Governadores, comum em Portugal estes palácios que abrigou os Governos, o museu de Mineralogia é um dos dois  mais antigos em Minas Gerais, almoçamos e voltamos a visitar a cidade de Ouro Preto.
A visita de encerramento foi na Igreja São Francisco de Assis, onde há muitas artes sacras, pinturas, fachadas e escadarias de pedra sabão, uma raridade de matriz estilo Barroco e fomos para o hotel descansar, e mais tarde na noite alguns alunos da viagem retornou a cidade para assistir o Show dos cantores do grupo os "Titãs".
A 2ª visita no dia 28/05/2011/ na qual primeiramente tomamos café da manhã no hotel Sesc Estalagem e logo partimos para o encontro do guia de Ouro Preto Brandão, e irmos rumo a São João-Del Rei onde de lá conheceríamos a cidade e depois iríamos para Tiradentes. Assim aconteceu, conhecemos umas avenidas da cidade, ruas bem limpas, uma bela paisagem, tiramos as fotos,, fomos na Igreja onde está enterrado Tancredo Neves e Dona Rizoleta  , fomos conhecer também a praça onde está a casa onde eles moraram, as matrizes na praça e muito mais histórias que contava o guia.
Passou um tempo partimos de trem e passamos por lugares magníficos, casas históricas da região, lindas paisagens na Estrada Real, passamos pelo Rio dos Mortos na ida para Tiradentes onde aconteceu o massacre dos Emboabas. Chegamos a Tiradentes no terminal do trem vimos antigos trenzinhos que estavam sendo movimentados por maquinistas e lá perto da estação havia a vila das charretes, uma atração turística de Tiradentes, conhecemos também a praça que tinha estatueta de Tiradentes próxima de uma matriz e logo conhecemos a Matriz de Santo Antônio o Padroeiro da cidade, e fomos conhecer de perto o Chafariz de São José, e lá em frente a matriz há uma paisagem encantadora da Muralha e a Casa da Cultura antiga Cadeia do lugar. Conta Brandão que a Igreja Santo Antônio na sua 1ª fase de quartel do século XVIII, por volta da metade do século e até hoje ela é usada por famosos como a família de Roberto marinho e que as cadeiras tem donos e os demais acentos, e muitos foram enterrados lá na igreja, dentro e fora dela há muitos túmulos e ela é o retrato do Puro Barroco Italiano, no segundo parâmetro Itálico houve o Apogeu do século 18 e só foi atribuída uma obra para Aleijadinho a Fachada de Lisboa Original da Capela por volta do século XIX reconhecida, e priorizaram a Estrutura da matriz, conta também que a Grande muralha foi cenário de novela como a mine-série “Memorial de Maria Moura”. Voltamos para Ouro Preto e antes fizemos um Rodízio de Pizza e logo voltamos para descansar no hotel.
3° dia visita foi no dia 29/05/2011 em Congonhas, passeamos pela Matriz do "Bom Jesus de Matosinhos" um estilo Barroco maravilhoso, as seis capelas, as 12 estatuetas em frete a matriz, lá há as pinturas e esculturas da época colonial, conta "Brandão" que as figuras em volta da Capela representam a Imagem de Cristo e que elas foram feitas por participação de Aleijadinho o escultor, pintura de Ataíde e Xavier e falta melhor conservação dos monumentos, conhecemos a linda paisagem do lugar e as ruas com subidas e decidas , um cenário de história, muitas lojas de artesanato e depois do almoço fomos para Mariana, onde lá em Mariana conhecemos a Mina da Passagem, um lugar onde a escavação da mina está 150 metros a baixo do solo rochoso , na mina é retirado o material precioso de Ouro Preto e demais minérios. Em Mariana já havia encerrado nossas visitas, pausamos ara tirar algumas fotos e conhecemos a frente da matriz "Nossa Senhora do Carmo" e "São Francisco de Assis", uma é do lado da outra em Mariana-MG, e voltamos para o hotel, pegar a bagagem e logo retornamos para Brasília e desembarcamos em frente a Faculdade "Fortium", fim da viagem que ficou marcada para nossas memórias.
Autora: Adaildes Alves Moreira





Pai

Foto de meu pai: Francisco Alves Moreira, vai fazer 84 anos , no dia 26/12.

Um homem de fibra, pessoa que com a cara e coragem, trabalha luta para criar os filhos.Sabemos que existem muitos pais que não cuidaram de seus filhos, mas "pai é pai", se bem que hoje em dia pode fazer "Bebê de Proveta", e quem cria é a mãe, mas tem muitos pais que ama sua família e seus filhos, e aqueles que não dão muita atenção de pai.
Parabéns para os bons pais e para os pai sem capricho com a família não dou parabéns não!,falo que é melhor repensar, os filhos e a família são seus melhores amigos!
Autora: Adaildes Alves Moreira

O que mais destesto

Eu não gosto de amizade forçada, tem gente que você ver que não dar para ser seu amigo e quer forçar amizade.
E sabe aquelas ligações chatas dizendo que você foi sorteado com um cartão com limite, isso é um absurdo, deveria ser proibido fazer cartão sem autorização do dono, quando quero um cartão um limite,eu vou no Banco de confiança e que te dar a maior segurança, jamais aceito cartão por telefone, pode ser extraviado para uso indevido, isso eu também não gosto, dessas ligações todos os dias dos bancos, qualquer um liga agora te oferecendo cartão,lojas, bancos e sei lá mais o quê, aliás quase te obrigando ficar com o cartão, já diz que está premiado com benefícios, deveria ser mais cautelosos os bancos, e os funcionários deveriam ter outros modos, ligam e ainda te tratam mal, nem todos,mais já fui maltratada por alguns deles, por não querer passar minhas  informações de meu limite de salário, ou de endereço e a moça ainda riu da minha cara, isso é um absurdo! Detesto isso mesmo!

Também detesto visitas sem me avisar, gosto que me liga e que marca a visita se eu poder receber, pois minha agenda é cheia trabalho muito e meu tempo é precioso, as vezes estou digitando meus livros, fazendo minhas tarefas de dona de casa, tenho que dar atenção  para meus filhos e para meu marido, tenho que ler, estudar para as provas, fazer meus compromissos, ler um pouco a Bíblia,gosto de cuidar da minha aparência, gosto de cuidar das minhas plantas, cozinhar para meus filhos, então jogar conversa fiada fora não tenho tempo para isso, eu só vou na casa das pessoas se precisarem de mim ou se me chamarem, não vou se não me convidam, detesto penetras que não são convidados, não vou em lugares que não me convidam...


Outra coisa que não gosto, é quando estou indo para algum lugar e alguém pergunta , está indo para onde? o que vai comer hoje? está passeando? Eu só não dou mal resposta porque sou educada, mas dar vontade de dizer, eu te devo alguma explicação? você é meu pai ou minha mãe? e daí te interessa,porque? Viva sua vida e me deixa em paz!

 Detesto é aquelas visitas que chegam gritando e quase derrubando o portão, como se eu fosse obrigada a sair urgente das tarefas que estou fazendo e atender a tal visita descarada, as vezes pensa que a casa da gente é a casa da sogra.Tem gente que deixa de fazer o serviço de casa para dar combate na vida dos outros, eu fico chateada mesmo com isso, tudo mundo tem obrigação para fazer e faz visitas quando são necessárias é claro!


Detesto também aquelas pessoas que estão vendo o que você está fazendo e ainda pergunta: está limpando? dá vontade de dizer, não! estou sujando! está lavando? não! estou sujando! Igual um amigo do meu marido falou para um intruso na obra dele.Está fazendo a escada? ele disse:"_Não.Estou fazendo Elevador!"KA,KA,KA! Isso é o que merece quem pergunta demais!

O que me deixa malcriada, completamente indignada, e detesto mesmo, é gente me obrigar fazer comemorações de festas, como Natal e Ano Novo, Aniversário, as vezes você quer comemorar só com quem você convidou e liga um, você vai passar aonde? vou para sua casa...!Nem espera você dizer que não pode , que quer ficar só entre família e convidados que você escolheu...
Só sei que aprendi muito sobre esse assunto, você só atende em sua casa quem você confia, não pode colocar qualquer pessoa em sua casa, tem gente que faz de seu amigo e está ali só para te fazer o mal, te copiar, falar o que você come, o que você faz, e muito mais...
Eu falo com todas as pessoas, respeito cada um, mas em minha casa, intruso, gente descarada, perversa, fala mal dos outros, gente que só interessa fazer amizade para te copiar, fazer fofocas, te obriga a fazer coisas que você não gosta, eu agora não tenho vergonha de dizer um não!
Autora: Adaildes Alves Moreira

Amor Completo

   Amor completo
Amor não é só receber é doação
Amor é puro e verdadeiro
Amor não é amizade é mais que isso
Amor cresce ele não acaba com o tempo
Amor é saber amar de verdade
Amar é ser completo, não deixa vagas para nada
Amor ele constrói o mundo e nunca destrói
Amor é vida, e quem ama faz o outro viver.
Se sua forma de amar não for essa você nunca amou verdadeiramente, só teve trechos de amor, amor é completo e correto.






Autora: Adaildes Alves Moreira

A Família é Muito Importante

Quem tem família!Primeiramente Deus, família e amigos, ter eles nos dar  uma certa estrutura, a família ajuda muito, principalmente quando temos uma família reunida, amo minha família, esta foto são pessoas da minha família, meu pai, minha sogra, meus filhos,marido, sobrinhos, cunhados...Em Novo Alegre-Goiás na casa de Papai Francisco Alves Moreira.Quintal da casa nos fundo, é um lote com muitos pés de mangas e outras frutas...

Autora: Adaildes Alves Moreira

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Incentivo de Crescimento

Minha sala, muito limpa,adoro!
 Eu Adaildes ,minha foto.
 Minha foto, eu mesma!


Em minha casa,minha sala..




Algumas vezes me sentir desmotivada, principalmente eu achava que minha vida era só casa, cozinha, limpeza e futura aposentadoria por velhice.

Me casei muito cedo, eu tinha 15 anos de idade quando fui para o cartório civil casar, os pais de meu marido quem assinou os papéis do meu casamento, meus pais não puderam comparecer, pois estava chovendo muito o rio Palmas alagou todo o povoado Santa Rosa em Goiás onde moravam meus pais um povoado de Chácaras.

Naquela época eu ainda estudava, estava cursando a sétima série do ensino fundamental, não desisti de passar de ano, fiz as provas e passei para o próximo ano. Quando eu me casei vim para Brasília morar na cidade do Guará II, morava na casa de Paulo Henrique filho de senhor Henrique de Novo Alegre-GO.E lá passei bons momentos com meu marido, eu era recém casada, apesar que ele era muito ciumento na época, mas tudo ocorreu bem. Mudamos para Setor "O", moramos na casa de Dona Luzanira e Senhor Inácio de aluguel,  eles tem filhos maravilhosos eu gostava muito deles, afinal ela ainda foi minha professora de costura, ela me ensinou a costurar , eu fazia camisas, calças femininas e masculinas, fazia blazer para homens e mulheres, ela me ensinou cortar e costurar de tudo, hoje sei costurar todo tipo de roupas , costuro para mim quando quero.

Lá na costura conheci minha amiga Maria do Nascimento , conhecida como Francisca de Gessy, ela aprendeu a costurar junto comigo e até hoje somos amigas, e ela sempre me incentivou a estudar, me ensinou a bordar ponto-de -cruz e para minha filha Chirley, ela não sabe que continuamos a bordar, pouco para nós , mas bordamos, e agradeço a Deus por ter conhecido ela na minha vida, é um anjo de pessoa.

Depois desse tempo, o Juarez meu marido resolveu morar na casa de uma tia nossa , irmã de papai, Ana Rita Alves Moreira onde ela deixou nós morarmos até juntarmos dinheiro para comprar uma casa ou um lote, eu costurei muito com meus tecidos e vendi muitas roupas feitas por mim e ajudei meu marido a comprar o nosso lote em Santa maria-Norte DF, onde eu moro hoje tenho minha casa própria graças a Deus, comprada com muito trabalho e dedicação.

Mudamos para Santa Maria-Norte onde é minha atual residência, aqui construímos uma linda história, meus filhos estudando e agora já minha primeira filha já cursando Faculdade de  Pedagogia desde o ano de 2011, fez vários cursos e ela é muito dedicada, o pai sempre pagou seus estudos e cursos com muito carinho. O meu filho caçula o Jefferson já está terminando o Ensino Médio e vai servir carreira no Exército, vai fazer Engenharia  da Computação e quer também fazer Letras e Artes Plasticas, pensamento de garoto!!Quer seguir uma carreira brilhante o  meu filho ,e vou lutar com ajuda de Deus para ajudar-lo ele crescer com sucesso, afinal ,"sonhar não custa nada"!

Agora voltando falar de mim, eu estava desmotivada como disse em relação aos estudos, eu terminei o Ensino Médio no ano de 2000, quando foi em 2001 eu queria fazer alguma coisa e fiz um curso de informática de duração de 8 meses o básico, terminei e queria mais coisas para fazer, não achava que nada se completava, eu resolvi fazer concursos , mesmo assim ainda não era boa coisa para mim faltava algo, e então resolvi escrever alguma coisa, eu tinha muitos poemas e poesias que eu fazia em meus cadernos quando era muito jovem, e reuni eles em um arquivo e comecei escrever textos, mas ainda faltava incentivo e entusiasmo, achava que era bobagem, parecia que eu com 26 anos não tinha mais vida, parecia que os estudos havia terminado para mim, então perguntei para uma pessoa que dizia ser minha amiga como era que fazia para fazer vestibular, ela disse que vestibular era complicado, e que pessoas de idade avançada não era aceita nas faculdades e nem em trabalhos, achei um absurdo, fiquei triste e fui dormir, no dia seguinte falei que não ia desistir, como eu tinha terminado meus estudos eu ia fazer pré-vestibular ou tentar fazer vestibular da "UNB" e "Enem",passou um tempo eu já tinha feito mais cursos até de Merendeira no "Senac" , aí minha colega me perguntou qual curso eu queria fazer, eu falei vou fazer Pedagogia. Ela disse que Pedagogia não era bom, e ela acabou fazendo Pedagogia.

O tempo foi passando e a vida continuando e eu querendo alguma coisa que preenchesse minha vida, eu falei: Tenho Deus,filhos , marido, Ensino Médio, passei  no "Emem", mais não estudo por bolsas, pago minha faculdade e a faculdade de minha filha...

Não tenho nada contra alguém receber bolsa Universitária, se uma pessoa  faz o " Enem" é para conquistar uma vaga!

Agora cursando  atual 2012 Faculdade de Letras,  tenho cursos, trabalho não fichado mais tenho algum, trabalho com meu esposo na Construção Civil.

Voltando ao passado:-  No ano de 2006 fiquei sabendo que a UNB ia dar curso de Extensão projeto desenvolvido por" Leila Chalub Martins" e outros componentes, li uma reportagem que ela ia expandi alguns cursos de Extensão, foi onde procurei os cursos fiz minha matrícula e conseguir minha primeira vaga no Curso de Filosofia, e o professor de Filosofia era chamado "Elizeu", um professor muito bom, ensinava muito bom, era aluno da "Universidade Católica", foi uma disciplina Extracurricular que deu início e incentivo para meu crescimento nos estudos. Partindo daí nunca mais parei de estudar, me matriculei no curso de Português e Literatura Básica no curso de Extensão e foi uma maravilha, recebi muitos incentivos e nossa professora era maravilhosa "Darlana Godoi", ela me deu a maior força, me ensinou muito escrever, me ensinou como fazer uma boa redação, aprendi muito com o incentivo e carisma dela, ganhei um livro dado por ela no dia 01/12/2006 com o nome "Caminhadas de universitários de origem popular, UNB" tenho até hoje esse livro li todas as histórias é muito emocionante cada uma das vidas e trajetória acadêmica desses estudantes da "UNB", eu comecei a ver que eu poderia retomar meus estudos e fazer Faculdade de Letras e muito mais cursos, foi depois que percebi que ainda não era tarde para mim, ela contou muitas histórias de pessoas que estudavam e consegui suas carreiras depois de um certo tempo e no livro também conta isso, achei interessante o que ela disse no sentido de incentivar mesmo o nosso crescimento escolar, eu desejo para ela o maior sucesso do mundo, pois ela foi meu maior incentivo, me fez ver que tudo era possível, que o sonho nunca acaba enquanto agente tem vontade.

Foi um tempo de Extensão , fiz Álgebra com o Professor Renato, um professor de primeira, fiz Geometria com professor Rafael e Débora veio depois e o substituiu , fiz um portfólio para ela de tudo que estudamos, fiz Política e Cidadania com o professor Marcos Barato um excelente educador , participei de semana acadêmica da "UNB" fui em uma das palestras de" Leila Chalub" e participei do maravilhoso Coquitel de boas -vindas de Extensão, iniciei o curso de Biologia e não sei por qual razões a professora parou veio só um mês de aula e fiz o Curso de Espanhol com a Professora Rayssa de Oliveira, outra pessoa divina, um incentivo de professora, aprendi muito Espanhol com ela, sei um pouquinho de Inglês básico, aprendi desde a quinta-série no Tocantins , gostei e até hoje vivo estudando Inglês, para eu lembrar do Inglês eu estudo no "Google Tradutor ", é bom ouvir a tradução para relembrar. E por fim, foi partindo destes incentivos citados a cima que resolvi, que eu ia escrever, estudar, fazer os cursos que gosto, e continuar meus sonhos de pretensão, e os que me desanimavam ficaram para trás, principalmente aqueles que diziam"estudar para quê?Com essa idade de 26 anos , quando terminar não entra no mercado de trabalho?", para mim isso só tem um nome , Inveja! Até parece que a vida da pessoa termina com 26 anos de idade,mas pelo jeito que essa pessoa falou ; parecia que uma pessoa de 26 anos de idade já estava com o pé na cova.

Vou continuar, agora sei que tenho atualmente 37 anos de idade  neste ano de 2011, não morri ainda, sou ainda muito jovem, é claro que para certos trabalhos a exigência é de mocidade e 37 anos pode não ser a idade de alguns trabalhos, só que há uma série de oportunidades, como os concursos e muitos outros. Estudei , estou estudando e vou estudar mais até onde Deus me permiti, descobrir que Deus tem me ajudado , aliás sempre esteve comigo, ele nunca me abandonou, vou fazer de minha vida um sonho, tudo que sonho vou pedir a Deus para me ajudar, e agradeço as pessoas que me incentivaram, são pessoas de crescimento.

Em 2009 , fiz um Curso mais avançado de informática com 15 cursos com duração de 2 anos e meio, aprendi fazer muita ciosa no computador, hoje tudo que faço no computador agradeço as professoras Marilene e Marileide, fez eu aprender bem a digitar, colocava os exercícios mais difíceis e eu passei em tudo, minhas notas foram ótimas, meus trabalhos acadêmicos, trabalhos de casa, relatórios, blogs, textos, tudo é feito por mim em meu computador, eu graças a Deus sei fazer meus trabalhos escolares, nunca paguei ninguém para fazer meus trabalhos e nunca deixei ninguém fazer meus trabalhos, sou muito rígida em relação a isso e também não gosto de fazer trabalho para ninguém e ajudo os meus colegas, mas não adianta querer que eu faça trabalho, não faço, se precisar de mim eu ajudo, eu ensino!. Nas Provas do Curso de Informática tirei excelentes notas e o mais importante é que aprendi e continuo aprendendo, aparece coisas novas á todo tempo no computador, meu filho também é meu professor ele é um gênio no computador, me ensina quando estou com algum problema no Micro.

Fiz o Enem passei como eu já disse conseguir bolsas que não fechou turma em muitas faculdades, partindo dái resolvir pagar a minha faculdade e a da minha filha, não sou bolsista, fiz vestibular,  passei e atualmente 2012 estudo na "Faculdade Fortium", o Curso de Letras/Licenciatura . Onde  os professores ,os funcionários e alunos me receberam com maior alegria em 2010, falam que sou bem-vinda e me admiram , me tratam como pessoa! 
Pretendo fazer Psicopedagogia na Pós-graduação, pretendo fazer até o Pós-doutorado,  e quero depois fazer Advocacia. Quem sabe um na "UNB" um dia  vou estudar! Posso  até passar no Mestrado quem sabe! é difícil mais não impossível, sou petulante sim!!!.
Tenho amigas verdadeiras, como muitas amigas do Orkut, a Olga, Francisca, a Lú eWader, Anita e Raquel lá de Palmas irmã de Sagramor jamais esqueço ela minha amiga de infância , Vânia minha prima ,Trindade, Zeca e outros como meus parentes, Manoel e Ivaneide, são muitos, amo todos meus amigos e parentes tem me ajudado bastante.
E eu só tenho a dizer que as pessoas não devem desistir de seus sonhos só porque os outros te dizem que você não pode, todo mundo tem capacidade de crescer e tem direito de fazer o que gosta com ajuda de Deus e de seus amigos verdadeiros de incentivo."Como diz a Artista:"Isso pode".Todo Mundo Pode! Adoro atentar, sou muito brincalhona em casa!

Autora: Adaildes Alves Moreira

terça-feira, 14 de junho de 2011

Vida e Beleza

Andam juntas,cada pessoa tem seu esplendor, onde há uma chama de vida, deve existir o sorriso, a vida é uma beleza.
Quem tem vida tem beleza,beleza interior, uma pessoa deve viver intensamente, se preocupar com o que tem na alma, claro que o exterior é importante, mas o que vale é a vida interior, trás luz de dentro para fora de seu interior vigoroso, e daí parte para seu sorriso te dando vida e beleza.
Viva assim sempre, esqueça as coisas ruins e tristes, o dia será melhor com o coração cheio de vida, onde há uma chama da vida, deve existir alegria, a beleza da alma.
Todos nós despertamos no interior a beleza, cada pessoa tem a beleza de viver, e isso não podemos negar, seja quem for, faz parte de tudo que é belo no mundo, e o belo interior das pessoas é um bem precioso, é joia rara, diamante que radia luz para todos os lados, seja vivo, seja feliz, seja o brilho de vida e beleza interior que contagia!
Violetas da minha casa, adoro...!
Minha Filha Chirley Diane Alves Moreira...Autora: Adaildes Alves Moreira

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Honestidade

É ser honesto em tudo que faz. Não adianta dizer que é honesto, se dever um centavo alheio, ou pegar algo alheio, pode ser qualquer coisa uma agulha por exemplo,não seja seu isso é desonesto e roubo.
Desonestidade também é querer o lugar do outro, é subir passando por cima do outro, é querer mentir , caluniar o outro, roubar e acusar o outro, acusar pessoas inocentes, tudo isso é desonesto, honestidade prega a justiça, é uma pessoa completamente correta, não tem que ser um Santo, tem que ser correto mesmo, conseguir algo com seus esforços e ajuda do outro, não passando por cima de tudo e de todos.
Autora: Adaildes Alves Moreira

Inveja

Espero que seja disimada a inveja, exterminada e banida da vida das pessoas. Porque uma pessoa invejosa tem o poder de auto-destruição é pervesa, malvada. Praticamente uma pessoa invejosa tem olho de urubu, apesar que os pobres dos Urubus não tem nada haver, são aves que não merecem a tal comparação.
A inveja aonde põe o olho tudo destrói, nada se constrói,a inveja é uma maldição, muitos sabem que tem o olhar cruel e invejoso, e faz questão de praticar o mau, faz o desejo malígno acontecer através da inveja, mas esse reinado cruel pode  e deve acabar, porque ainda existem a bondade, pessoas construtivas, pessoas de intersse do crescimento do outro, ainda existe a vida, enquanto há vida, a esperança, e Deus é a vida, é a criação, é Universo, é Natureza, é poder contra as maldições, Deus existe, e temos que acreditar, devemos acreditar nos que ainda te deseja o bem e toda iniquidade dos perversos será destruída, a união das pessoas fará que essa tal inveja e perversidade desaparecerá para sempre da vida das pessoas.
Autora: Adaildes Alves Moreira

Falsidade, e Verdadeira Amizade

É ser falso mesmo, não adianta gostar de uma pessoa, ou se diz gostar, na frente dela é uma coisa, mas quando vira as costas fala mal desta pessoa, e isso é que demonstra a tal falsidade.
Uma pessoa verdadeira sem falsidades mesmo distante ou sem conhecer dar seu voto de confiança e fala bem da pessoa, faz o outro crescer.
Já uma pessoa falsa te observa o tempo todo e logo mais para falar uma versão mentirosa, versão destrutiva, que te dar baixo astral, faz render histórias falsas contra ti. E o verdadeiro amigo , te orienta, te observa e te dar o Ombro Amigo.
O verdadeiro amigo é sem falsidades, te admira,mesmo distante, sabe reconhecer seu talento, te ajuda crescer, mesmo com pequenas coisas te faz ser um ser e não te faz o mal, só te deseja o bem. Te diz palavras de entusiasmos, ainda bem que no nosso Brasil ainda existem gente, pessoas de bem, pessoas construtivas, conheci muitas, reconheço a verdadeira amizade, é uma pessoa linda por dentro, pessoa maravilhosa.
Já os que falam mal de você, te derrota, te põe para baixo, "você não precisa de inimigo já tem um", e esses são aqueles que te invejam, te coloca derruba, fala palavras desconfortáveis, coloca defeito em tudo que você tem e logo está portando a mesma coisa ou usando, te copia o tempo todo, vai só olhar o que você tem e copia, não é original, copia sua vida, não tem espírito de bondade, em todos os sentidos é completamente perverso em falsidade, ainda bem que tenho só amigos construtivos e até hoje ouso falar dos falsos e perversos, mas tenho só agradecer a Deus pelos lindos e amigos maravilhosos que tenho, mesmo distantes são amigos de corações puros!
Autora: Adaildes Alves Moreira

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Exuberância

Quando olhamos a exuberância de tudo que temos, ficamos ricos de conhecimento, chegamos tão pequenos diante de tanta beleza, que nos engrandece quando são observadas por nós.

Autora: Adaildes Alves Moreira
 O Outro

Não dê ao outro algo que não gostaria de receber, não faça ao outro as coisas que você não gosta, não deseja ao outro algo que não seja bom, não invejar a vida do outro, quando você dar algo para o outro que seja coisas que você gostaria de receber, como um simples gesto de amizade sem interesses!
Autora: Adaildes Alves Moreira

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Lembranças de Congonhas

Em Congonhas em frente a Igreja " de "Senhor  Bom Jesus de Matosinhos", perto das 6  capelas feitas  por "Aleijadinho", há uma loja de maravilhosos artesanatos e muitas outras lembranças de Congonhas, o dono da loja   é o Senhor Geraldo Evaristo de Barros , a loja foi visitada por mim , as amigas da Universidade e demais turistas no dia 29/05/2011 , conta o dono que é visitado por muitos turistas e até por turistas estrangeiros, uma maravilha de artesanato tem na região, precisam ir lá para conhecer e conferir como é rico o artesanato mineiro.
Autora: Adaildes Alves Moreira


» "» Lembranças de Congonhas"
Proprietário: Geraldo Evaristo de Barros
End: Rua do Aleijadinho, 72 Fone: (31) 3731-2225". Para entrar em contato e encomendar objetos de artesanatos, pedras não lapidadas , jóias e muito mais...



"Alguns dos destaques são: relógios, jarros, castiçais, compoteiras, cinzeiros e outras peças em pedra-sabão, pedras semi-preciosas, colchas, bordados, objetos em madeira, pratos em porcelana com pinturas específicas do município, caixinhas e embalagens para presentes, vidros pintados, velas decorativas, arranjos secos, cestos de jornal, tricô, crochê, toalhas em macramê, trabalhos em contas de lágrimas, tapetes arraiolo e de retalho, paninhos de bandeja, caminhos de mesa, almofadas, colchas, bijuterias..."


"Porém, o artesanato em pedra-sabão, tanto de panelas quanto de peças moldadas, apesar de não haver uma clara estratégia mercadológica por parte dos artesãos, é amplamente comercializado no município, no país e no exterior , tornando-se uma importante fonte de renda para a cidade."